Diaverum adquire centro renal na capital do Chile

Munique/Santiago de Chile, 23 de abril de 2014 - A Diaverum, um dos principais fornecedores mundiais de serviços de cuidados renais, adquiriu o seu sétimo centro renal no Chile. A clínica Diaseal, localizada em Puente Alto, um distrito com grande densidade populacional e em grande crescimento a sul da capital, Santiago, dispõe de 18 estações utilizadas para tratar 100 doentes através de hemodiálise (HD).

"Temos orgulho em adicionar este grande centro renal na capital do Chile à rede global da Diaverum", explicou Jorge Parada, Diretor Geral no Chile. "Os doentes renais em Santiago de Chile terão agora acesso à mais elevada qualidade clínica e irão beneficiar da nossa abordagem aos cuidados individualizados. Os colaboradores do centro renal Diaseal irão beneficiar dos programas de formação e desenvolvimento de carreira da Diaverum".

Apresentando elevada qualidade e eficácia

Ao adquirir um novo centro, o foco principal da Diaverum é proporcionar o mais elevado nível de cuidados de qualidade enquanto opera, em simultâneo, um centro renal de forma segura e eficaz. Desta forma, são envidados esforços significativos para a integração por forma de planos de integração de 100 dias e de 1 ano.

Proporcionando aos doentes uma opção

A Diaverum Chile opera agora sete clínicas que cuidam de mais de 650 doentes. Em alternativa à HD, a Diaverum também trata 45 doentes no Chile através de diálise peritoneal (DP). A DP é uma terapia domiciliária durante a qual os resíduos e água em excesso são removidos do sangue para uma solução de diálise, utilizando a membrana peritoneal do doente na cavidade abdominal como filtro. A terapia pode ser realizada durante a noite ou em quatro a cinco trocas manuais realizadas ao longo do dia, melhorando a qualidade de vida para os doentes em comparação com a HD na clínica. Tal como no Chile, a Diaverum proporciona a DP na Argentina, França, Alemanha, Hungria, Polónia, Roménia, Suécia e Uruguai a mais de 600 doentes.

Dag Andersson, Director-executivo na Diaverum, comentou: "A Diaverum Chile está a dar grandes passos em direção ao nosso objetivo de oferecer cuidados renais integrados - isto é, coordenar serviços renais e não renais em torno do doente. Além de providenciar tratamento de hemodiálise e diálise peritoneal, a nossa equipa no Chile está também empenhada na prevenção e, além do mero tratamento clínico, proporciona fantásticos destinos de férias de diálise, onde os doentes podem gozar as férias sem comprometer a qualidade do tratamento.

"E com o nosso novo centro renal, os doentes estrangeiros podem também visitar a capital do Chile, com a garantia de que a qualidade do tratamento médico e dos cuidados da Diaverum estão próximos", declarou Dag Andersson.