Os Medicamentos e a Doença Renal

Os Medicamentos e a Doença Renal

Nesta secção, poderá encontrar informação diversificada acerca dos medicamentos que as pessoas em programa regular de hemodiálise poderão necessitar.

Quando os rins começam a falhar, o nefrologista precisa de ajustar o tratamento às necessidades de cada doente, recorrendo a medicamentos para corrigir os problemas produzidos pela falha do funcionamento do rim como por exemplo:

  • Controlar a tensão arterial,
  • Remover alguns sais minerais (fósforo, potássio,…),
  • Fornecer as hormonas que o rim não é capaz de produzir ou
  • Aliviar sintomas que poderão ocorrer, como vómitos, comichão, ...

Alguns medicamentos como são excretados do organismo pelos rins terão de ser ajustados sob indicação médica: poderão ser prescritos em doses mais baixas ou aumentar o intervalo de tempo entre cada administração.  

Qualquer medicamento que lhe seja prescrito pelo seu nefrologista é adequado às suas necessidades específicas. Informe sempre todos os profissionais de saúde que o tratam, mesmo fora da clínica,  que é uma pessoa com doença renal. Comunique sempre todas as alterações aos medicamentos prescritos a todos os profissionais para que estes possam ter em consideração aquando da alteração da terapêutica.

Nos doentes em hemodiálise, a clínica é responsável pelo tratamento da anemia, hipertensão, doença mineral óssea e infecção do acesso vascular.  Os medicamentos utilizados para este efeito serão dispensados gratuitamente pela farmácia da clínica.

Para permitir efectuar o tratamento de hemodiálise são necessários alguns medicamentos como os anticoagulantes. Estes são administrados em cada sessão de diálise, para evitar a coagulação do sangue nas linhas e no dialisador.

De seguida, encontrará alguma informação sobre os medicamentos mais frequentemente utilizados na hemodiálise.