Controlo da alimentação

Não existe uma dieta renal adaptada a todos os doentes e para todas as fases da doença. De um modo geral, é importante que siga uma dieta adequada a si. Na evolução da doença renal é normal que sinta uma diminuição do apetite, coma menos do que habitual e se sinta mais cansado. É importante continuar a ter as refeições adequadas.

Proteínas

As proteínas ajudam-o na manutenção dos músculos e na reparação de tecidos. Quanto melhor o seu estado nutricional mais saudável se sentirá. Também terá uma maior resistência a infecções

O seu corpo ao transformar a proteína produz um resíduo chamado ureia. É importante ingerir proteínas de alto valor biológico, pois produzem menos resíduos. As proteínas de alto valor biológico provêm da carne, aves, do peixe e dos ovos.

Controlo da alimentação

Fósforo

O fósforo é um mineral que se encontra em diversos alimentos. Habitualmente, as pessoas em tratamento de diálise estão limitadas na ingestão diária de alimentos que contêm fósforo. Se tiver demasiado fósforo no sangue, aumenta o risco de calcificação de tecidos. O fósforo poderá provocar comichão na pele e pode afectar os vasos sanguíneos.

O leite, o queijo, o iogurte, os feijões secos, as sementes de girassol, a linhaça, as nozes e outros frutos secos, as colas e a manteiga de amendoim são exemplo de alimentos mais ricos em fósforo. Poderá necessitar de tomar algum captador do fósforo para evitar que parte do fósforo da dieta seja absorvido para o seu sangue.

Potássio

O potássio está presente em quase todos os alimentos, mas particularmente nas frutas e nos vegetais. Os rins saudáveis mantêm a quantidade de potássio no sangue equilibrada. No entanto, para um doente com insuficiência renal, os níveis de potássio poderão variar imenso. Os níveis de potássio podem aumentar entre as sessões de diálise e provocar alterações do batimento cardíaco. Isto pode ser fatal e levar à morte. Para controlar os seus níveis de potássio no sangue, é importante que siga cuidadosamente as recomendações que lhe são dadas para a sua dieta.

Os alimentos com elevado teor de potássio são a batata, batatas fritas, banana, alperce, melão, meloa, abacate, sumo de frutas, espinafre, alcachofra, tomate e molho de tomate, sumo de cenoura, passas, amêndoas, nozes e outros frutos secos, leguminosas (feijão, grão, ervilhas, lentilhas, favas, etc.), chocolate, leite.

Sódio (Sal)

O sal está naturalmente presente na maioria dos alimentos e é também usado para temperar e realçar o sabor das refeições. Deve verificar sempre a quantidade de sódio presente nos alimentos.

O sódio controla o equilíbrio de líquidos no seu corpo, por isso, é importante reduzir a sensação de sede e limitar a ingestão de sódio de modo a evitar a acumulação excessiva de líquidos.

Informe-se junto da sua equipa clínica da dieta que deve seguir.